terça-feira, 17 de setembro de 2013

Altar ao deus Fracasso

O vento que uiva entre as frestas de tuas janelas
te vaia pelas derrotas acumuladas.
Sentes o gosto amargo do fracasso
em todas atividades que julgastes dominar.

Teus olhos se fecham insistentemente enquanto trabalhas
miseravelmente para morar de forma miserável.
Almoças o que teu dinheiro compra.
Vendes mãos, pernas e cabeça para empresas que riem de tuas palavras
e soterram tuas ambições.

Pintas de palhaço teu rosto.
Abraças a ordem irracional e doentia da sociedade
já que não podes revertê-la durante os momentos
em que deslizas débil e fraco por ruas esburacadas.

Materializas armas de fogo imaginárias
para erradicar a fome, o choro, o frio.
Permites que sejas um pedaço sonolento de carne
fatiado, frito e devorado pelos poderosos carnívoros
que degustam, digerem e defecam toda e qualquer sobra de alma
nos resquícios de planeta respirante.

Te arrependes do passado como mãe que torcia a feição para a filha
mendigando abraços em frente a escola, aos seis anos de idade
e agora, de cama, sente o corpo quente de sua primogênita ao receber o afago sincero.

Sentes medo, angústia, temor e raiva.
Vês que os olhares desconhecidos evitam os teus,
como evitas os dos moradores de rua, que exalam carência e suplicam
por um ouvido que os ouça.
Sentes que tens mais para ofertar, antes de entregar-se à comunhão dos anjos.

Mas sabes que não crias novidade alguma.
Só choras, ri, se revolta como tantos outros já fizeram antes.
E a mão pesada da realidade atinge teu estômago
para que te curves, eternamente, àquele que rege a vida dos vivos,
condena à morte os que não estão mortos e repreende os mortos-vivos.
Àquele que passeia nos jardins dos transeuntes
cheirando a expectativa não tocada, inexpressiva e desamparada.

Fizestes da tua vida um altar ao deus Fracasso.

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Comecei a escrever poesia graças a ti, né? obrigado <3

      Excluir
  2. Booohhh! Humilhou, hein...

    Por que não publica em algum jornal? Sempre tem algum espaço "do leitor" nos jornais... Duvido que recusassem tamanha obra!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ninguém lê poesia em jornal HUAHSUASH talvez eu use ela pra tentar publicar em algum livro de poesia.
      E obrigado <3 Tô tentando melhorar minha poesia...acho que tá ficando melhor.

      Excluir